Crescimento deve ser lento na China neste trimestre

Pequim, 27 (AE) - O crescimento econômico da China deve ser "relativamente lento" no quarto trimestre deste ano e no primeiro trimestre do ano que vem, projetou hoje o assessor do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) Song Guoqing.

AE, Agência Estado

27 de outubro de 2012 | 09h53

Ele não fez previsões sobre a taxa de crescimento da economia chinesa nos próximos dois trimestres, mas afirmou: "minha avaliação é de que não será tão positivo quanto as expectativas do mercado". O executivo falou durante conferência sobre a economia chinesa.

O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 7,4% no terceiro trimestre ante igual período do ano passado, o menor avanço nessa base de comparação desde o primeiro trimestre de 2009, segundo dados do governo divulgados na semana passada.

Expectativas de que a economia chinesa pode ter uma leve recuperação no quarto trimestre estão aumentando devido a sinais positivos em dados econômicos recentes, incluindo o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar, medido pelo HSBC, que subiu de 47,9 em setembro para 49,1 em outubro, e indicadores econômicos de setembro, como exportações e produção industrial.

Song afirmou ainda que não espera que Pequim vá adotar grandes medidas imediatamente após a mudança de liderança que acontecerá no início deste mês, sem dar mais detalhes sobre o assunto. A China vai escolher a nova geração de líderes do país no congresso do Partido Comunista marcado para o dia 8 de novembro. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ChinaPIBcrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.