Wikimedia/Reprodução
Wikimedia/Reprodução

Criador da Wikipedia vai assessorar governo da Grã-Bretanha

Jimmy Wales criará ferramentas para uma comunicação transparente com os cidadãos

Efe

12 de março de 2012 | 08h37

LONDRES - Um dos fundadores da Wikipedia, Jimmy Wales, vai assessorar o governo britânico no que diz respeito à comunicação na pela internet, segundo informou nesta segunda-feira, 12, o jornal The Daily Telegraph.

 

O empresário americano orientará todos os ministérios do Executivo da Grã-Bretanha, mas não cobrará por isso, segundo indicou Rohan Silva, assessor do primeiro-ministro David Cameron, durante uma conferência sobre tecnologia em Austin, nos Estados Unidos.

 

Wales, que trabalhou na Universidade de Chicago e no setor financeiro americano, criou junto com Larry Sanger em 2001 a enciclopédia virtual que qualquer pessoa pode editar. O sucesso da Wikipedia, sexto site mais visitado do mundo com mais de 400 milhões de usuários por mês, motivou a revista Time a incluí-lo na lista de pessoas mais influentes do mundo em 2006.

 

O novo responsável do governo britânico para Transparência e Dados Públicos, Tim Kelsey, anunciou a designação de Wales como assessor através de sua conta no Twitter. Além disso, um porta-voz do Executivo declarou ao The Daily Telegraph que Wales "atuará como um assessor sem salário, que ajudará o governo britânico em seus objetivos para aproximar a política do público".

 

Wales colaborará também no desenvolvimento de novas tecnologias que possam ser utilizadas para "dar aos cidadãos mais protagonismo na elaboração de políticas".

 

No último ano, Wales se opôs à lei americana conhecida como Stop Online Piracy Act (SOPA, e em português Lei Contra a Pirataria Online), que obriga os sites de busca, provedores de domínios e empresas de publicidade americanas a bloquear os serviços de qualquer site sob investigação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos. A Wikipedia foi um dos portais que lideraram em janeiro o blecaute de um dia como protesto contra esta norma. 

Tudo o que sabemos sobre:
WikipediaEuropaWalesGrã-Bretanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.