Criança morre e duas ficam feridas em ataque com foguete no Sinai

Uma criança morreu e duas ficaram feridas quando um foguete caiu na casa delas cidade egípcia de El-Mattallah, ao sul de Rafah, perto da fronteira com a Faixa de Gaza, disseram fontes médicas e de segurança à Reuters nesta quarta-feira.

REUTERS

13 de agosto de 2014 | 19h01

Sara Salama, de 13 anos, morreu. O seu irmão Khaled, de 8 anos, e sua irmã Rahaf, de 2 anos, ficaram gravemente feridos e foram levados a um hospital.

Foi o terceiro foguete a atingir a área nas últimas semanas, afirmaram as fontes de segurança, acrescentando que as autoridades egípcias estão investigando o incidente.

A polícia de Israel afirmou que um foguete disparado de Gaza caiu em seu território na noite desta quarta-feira. O Hamas, que controla Gaza, negou qualquer disparo contra o vizinho.

As fontes de segurança do Egito vêm lutando para anular a insurgência islâmica no Sinai, que já matou dezenas de soldados e policiais.

A violência se agravou depois que o Exército depôs o presidente islâmico Mohamed Mursi no ano passado e os militantes ampliaram sua ação no Egito com uma série de bombardeios, levando o Exército a intensificar seus ataques no Sinai.

(Reportagem de Asma Alsharif)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOMORTESSINAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.