Criança retratada em arte revolucionária no Iêmen pede aulas a pintor

Menina de cinco anos que trabalha nas ruas juntando garrafas convenceu artista a ensiná-la a desenhar.

BBC Brasil, BBC

10 de agosto de 2011 | 12h57

Um retrato de uma criança pobre feito por um artista revolucionário do Iêmen para protestar contra a pobreza e desigualdade no país ganhou notoriedade e acabou na coleção de um rico líder da oposição.

A criança retratada é um personagem real. Ela tem cinco anos de idade e trabalha juntando garrafas d'água das ruas para ajudar a família a comer.

A menina foi atrás do artista que a retratou e o convenceu a ensiná-la a desenhar.

Apesar de ainda ser criança, ela diz que também se inspira em arte revolucionária, e mostra o desenho de uma noiva com a bandeira nacional fazendo o sinal da vitória.

A família da jovem apoia a revolução no Iêmen, onde a economia está se deteriorando a cada mês. A renda familiar da menina é inferior a cinco dólares por dia.

Agências de ajuda humanitária afirmam que o Iêmen está à beira de uma catástrofe. Enquanto isso, insurgentes tentam derrubar o regime. O presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, está na Arábia Saudita se recuperando de um atentado em junho.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.