Crianças comem ração de porco, diz relatório

COREIA DO NORTE

, O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2010 | 00h00

Um retrato desesperado da população da Coreia do Norte foi divulgado por um relatório que descreve um país de crianças raquíticas, famintas, que comem plantas venenosas e ração para porcos. Segundo o documento da Anistia Internacional, amputações são realizadas sem anestesia e médicos são pagos em cigarros. A organização de direitos humanos acusa Pyongyang de negligência e pede que a comunidade internacional intervenha no país para impedir um desastre humano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.