Crianças são usadas em ataque suicida no Iraque, diz general

Um general dos Estados Unidos disse nesta terça-feira, 20, que insurgentes iraquianos usaram crianças em um ataque suicida no último fim de semana, aumentando preocupações de que a insurgência tenha adotado uma nova tática para conseguir ultrapassar pontos de checagem carregando bombas.O general Michael Barbero, vice-diretor de operações regionais na Equipe Conjunta no Pentágono, disse que adultos em um veículo com duas crianças no banco de trás tiveram passagem permitida em um ponto de checagem em Bagdá.Os adultos abandonaram o veículo e o explodiram com as crianças ainda dentro, disse ele."Crianças no banco de trás, menor suspeita, nós deixamos passar", afirmou o general. "Eles estacionaram o veículo, os adultos correram e o explodiram com as crianças atrás.""A brutalidade e natureza cruel deste inimigo não mudou", disse Barbero.O oficial classificou o incidente como uma nova tática, mas notou que as forças dos EUA só viram uma ocorrência desse tipo envolver crianças.Ele disse que o aumento de forças na capital iraquiana resultou em alguns sucessos, como a redução nos assassinatos e execuções de civis.Barbero também disse que centenas de famílias voltaram para Bagdá e o número de dicas de civis sobre atividade insurgente teve o maior índice em fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.