Crimeia custará US$ 4 bilhões à Rússia por ano

A Crimeia vai custar à Rússia menos que as Olimpíadas de Inverno realizadas em Sochi, no mês passado. A afirmação foi feita por um deputado durante um discurso nesta terça-feira na Câmara Alta do Parlamento, diz a agência Interfax.

Agência Estado

18 de março de 2014 | 07h17

"De fato, esse novo território vai precisar de financiamento, mas não se compara ao dinheiro que a Rússia gastou durante a organização das Olimpíadas de Sochi, afirmou Evgeny Bushmin, que é responsável pela pauta de orçamento no parlamento russo.

Os jogos realizados na Rússia foram o mais caro da história, em um total de US$ 50 bilhões.

Moscou está se preparando para anexar a Crimeia depois de a península ucraniana votar a favor no último domingo de se integrar ao território russo. O governo de Putin será a principal fonte de investimento dos crimenianos. Uma fonte de Moscou prevê que os custos para manter esse novo território cheguem a US$ 4 bilhões no primeiro ano.

O deputado Bushmin disse que a Rússia vai precisar fazer uma alteração no orçamento após as anexações da Crimeia e de Sevastopol. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
RÚSSIACRIMEIACUSTOS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.