Crise coreana requer modernização militar, diz Wolfowitz

As forças armadas dos Estados Unidos precisam passar por um processo de modernização com o objetivo de conter com mais eficácia um eventual ataque por parte da Coréia do Norte, disse o subsecretário americano de Defesa, Paul Wolfowitz. Ainda segundo ele, Washington pretende enviar ao Japão o diretor de seu programa de mísseis para trocar informações sobre a construção de um escudo contra esse tipo de armamento.Sugestões sobre o reposicionamento de soldados americanos são uma questão delicada entre os Estados Unidos e seus aliados na região: Coréia do Sul e Japão. De acordo com Wolfowitz, as mudanças seriam parte de uma redistribuição das forças americanas espalhadas pelo mundo. Ele sugeriu, no entanto, que isso poderia significar o deslocamento de forças menores e com maior mobilidade para a região, perturbada com o programa nuclear norte-coreano."É possível deslocar uma força militar eficaz a distâncias muito maiores que antes, muitas vezes com um número menor de soldados", disse ele durante visita de dois dias ao Japão. "Isso nos dá a oportunidade de nos deslocarmos de novas maneiras."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.