Crise europeia ameaça economia do Canadá, diz BC local

O governador do Banco do Canadá (banco central canadense), Mark Carney, disse em uma entrevista exibida neste domingo que uma moratória de uma dívida soberana em um país europeu não seria necessariamente um cataclismo mundial, mas reiterou que a crise prolongada na Europa é a maior ameaça individual que a economia canadense enfrenta atualmente. Carney disse que a viagem do primeiro-ministro do Canadá Stephen Harper à China, que ocorrerá em breve, é algo "totalmente vital" para a economia canadense, que tenta diversificar seu perfil exportador e depender menos do seu maior parceiro comercial, os Estados Unidos.

ANDRÉ LACHINI, Agência Estado

22 de janeiro de 2012 | 19h49

"Dada a natureza da recuperação da economia norte-americana, levará certo número de anos antes que eles voltem a ser os EUA que nós conhecíamos. Na realidade, na nossa opinião, eles não serão os mesmos", disse. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
criseeuropaCanadá

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.