AP Photo/Ariana Cubillos
AP Photo/Ariana Cubillos

Crise na Venezuela triplica número de pedidos de asilo aos Estados Unidos

De outubro de 2015 a junho de 2016, houve um aumento de 168% nas requisições, que chegaram a mais de 10 mil

O Estado de S.Paulo

05 Agosto 2016 | 10h15

CARACAS - Os pedidos de asilo de venezuelanos nos Estados Unidos quase triplicaram no último ano, graças ao agravamento da situação política e econômica do país, informaram na quinta-feira pesquisadores americanos.

No último ano fiscal - outubro de 2015 a junho de 2016 -, os pedidos de asilo de cidadãos da Venezuela aumentaram para 10.221, o maior número depois de China e México, indicou o Pew Research Center.

No período anterior, 3.810 venezuelanos haviam pedido asilo no território americano, o que corresponde a um aumento de 168%, segundo os pesquisadores.

"A Venezuela está entre os principais países de origem de solicitantes de asilo nos Estados Unidos", afirmou o instituto em nota.

Veja abaixo: Escassez de alimentos provoca filas cada vez maiores na Venezuela

Nos últimos anos, a Venezuela tem vivido uma onda inédita de saídas de seus cidadãos, que tentam escapar da insegurança, da crise econômica e da ausência de oportunidades. O principal destino são os Estados Unidos.

No ano fiscal de 2016, a Venezuela ficou atrás apenas da China (11.826) e do México (10.749) em volume de pedidos de asilo, apontou o instituto. Atualmente, cerca de 225 mil venezuelanos vivem nos Estados Unidos. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.