Crise no Zimbábue é 'hora da verdade' para líderes, diz ONU

A crise eleitoral noZimbábue é "a hora da verdade" para os líderes africanosreunidos em uma cúpula da União Africana no Egito, alertou nasegunda-feira Asha-Rose Migiro, vice-secretária-geral daOrganização das Nações Unidas (ONU). Migiro disse que é lamentável que a votação com um únicocandidato tenha sido levada adiante no Zimbábue na sexta-feira,apesar dos pedidos de adiamento da ONU, de muitos líderesocidentais e de alguns líderes africanos. "Essa é a hora da verdade para os líderes regionais... osecretário-geral faz um apelo ... para que mobilizem apoio paraa negociação de uma solução", disse ela aos presidentesafricanos na abertura da cúpula em Sharm el-Sheikh.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.