Cristãos celebram primeiro feriado de Natal no Egito

Cerca de 3.000 pessoas, entre eles o filho do presidente, lotaram nesta terça-feira a Catedral Ortodoxa Copta do Cairo para celebrar o Natal no Egito, que pela primeira vez é comemorado como feriado nacional. As ruas do Cairo, normalmente congestionadas, estavam quase vazias hoje, num dia em que as pessoas aproveitaram para acordar tarde. Os cristãos coptas - cerca de 10% da população deste país majoritariamente muçulmano - reuniram suas famílias para comemorar a data.Para os coptas que seguem os ritos ortodoxos, esta terça-feira é o primeiro dia em que eles podem comer carne e peixe, após mais de 40 dias de abstinência.O papa Shenouda III, líder da Igreja Ortodoxa Copta, fez seu sermão durante missa celebrada à zero hora na catedral de Abbassiya e agradeceu ao presidente Hosni Mubarak por sua decisão "sábia e tolerante" de aplicar o feriado a todos os egípcios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.