Cristina ataca de novo dona do Grupo Clarín

Cristina ataca de novo dona do Grupo Clarín

ARGENTINA

, O Estadao de S.Paulo

25 de março de 2010 | 00h00

A presidente Cristina Kirchner ameaçou recorrer a tribunais internacionais para esclarecer a identidade de filhos das vítimas da ditadura (1976-1983). "Quero saber se haverá Justiça após anos de impunidade pelo forte poder da mídia", disse, em referência à proprietária do Grupo Clarín, Ernestina Herrera de Noble. Investiga-se se dois filhos de Ernestina seriam filhos de vítimas dos militares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.