Cristina obtém 56% dos votos em prévias e deve vencer no 1º turno em outubro

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, teria sua reeleição praticamente assegurada em 23 de outubro, dia no qual os argentinos irão às urnas para participar do primeiro turno das eleições presidenciais. Os 56,6% dos votos que Cristina obteve nas eleições primárias de domingo superaram qualquer pesquisa de opinião pública e as próprias bocas de urna elaboradas por consultorias vinculadas ao governo. Analistas afirmam que a oposição não conseguiu capitalizar a sequência de escândalos de corrupção do governo Kirchner e ressaltam que nos 68 dias até as eleições presidenciais não haverá tempo para reverter o cenário de derrota surgido nas eleições primárias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.