Cristina pede apoio para eleição parlamentar de outubro

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, pediu neste sábado apoio da população ao Partido Peronista nas eleições parlamentares de outubro. Analistas dizem que o resultado do pleito provavelmente será decisivo para o futuro político de Cristina.

AE, Agência Estado

29 de junho de 2013 | 20h25

Em discurso para milhares de simpatizantes em um estádio de futebol lotado, Cristina fez campanha para os candidatos que vão representar a coalizão governista de esquerda, conhecida como FPV.

"Estes não são os candidatos de Cristina, mas sim de um projeto nacional populista que está transformando o país e que tenho orgulho de liderar", disse a presidente, em tom emocionado. "Estaremos sempre ao lado dos trabalhadores, professores, estudantes universitários, da educação (pública), da saúde...só peço sua ajuda para governar a nação", acrescentou.

Este ano tem sido o mais desafiador para Cristina, que assumiu o primeiro mandato em 2007, e para a credibilidade do peronismo. Nos últimos meses, a presidente enfrentou três grandes protestos e sua primeira greve geral. Além disso, sua popularidade caiu em meio à uma economia que vacila após anos de crescimento rápido. AS informações são da Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Argentinaeleiçõesapoio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.