Cristina tem 40 pontos de vantagem nas pesquisas

Pesquisas feitas por três institutos indicam que a presidente argentina, Cristina Kirchner, mantém uma vantagem sem precedentes sobre os candidatos da oposição nas eleições presidenciais de 23 de outubro. Segundo a Ipsos Mora y Araujo, Cristina teria 55% dos votos. A Management & Fit dá a ela 51,9%. A consultoria Hugo Haime e Associados calcula que Cristina terá 53,1% dos votos válidos. Assim, prevê-se uma vitória de Cristina venceria com uma margem de cerca de 40% acima do volume de votos obtidos pelos candidatos da oposição. O socialista Hermes Binner desponta como segundo colocado em duas das três pesquisas, oscilando entre 11,6% e 15,2%. O ex-presidente Eduardo Duhalde (2002-2003), do peronismo dissidente, teria entre 10,5% e 12%. Outro candidato, Ricardo Alfonsín, da União Cívica Radical (UCR), teria entre 8% e 12% dos votos.

Ariel Palacios, O Estado de S.Paulo

12 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.