Cristina volta ao trabalho

A presidente argentina, Cristina Kirchner, voltou ontem ao trabalho, após licença de 20 dias em razão de uma cirurgia para retirada da tireoide. Uma solenidade na Casa Rosada marcou o regresso de Cristina. A doença havia sido anunciada pelo governo, em dezembro, como um caso de carcinoma papilar, o que comoveu a população. Mas a biópsia feita após a cirurgia indicou que ela não tinha câncer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.