Diego Crespo/Reuters
Diego Crespo/Reuters

Croácia firma amanhã a adesão formal à União Europeia

Para Sérvia e Montenegro, as perspectivas de entrada na UE são mais distantes

AE, Agência Estado

08 de dezembro de 2011 | 15h16

A Croácia deverá assinar o tratado formal de adesão à União Europeia (UE), na manhã da sexta-feira, 9, em Bruxelas, mesmo dia em que os governantes dos 27 países do bloco estarão reunidos na capital belga tentando salvar o euro e a União Europeia (UE) da quebra. Os croatas não deixaram passar a ocasião para uma piada e disseram que a ironia é que no mesmo dia em que o país assinará sua adesão ao bloco pela manhã, ele talvez não exista mais no final da tarde.

Mas para dar boa sorte, a primeira-ministra croata Jadranka Kosor, derrotada pela centro-esquerda nas eleições parlamentares do domingo passado, deverá usar amanhã uma caneta abençoada e presenteada a ela pelo papa Bento XVI, durante uma visita a Roma neste ano. "É bom para nós que a premiê assine a adesão à Europa usando uma caneta presenteada pelo papa, porque só Deus sabe o que ela está assinando", disse em comentário o jornal independente Vecernji List, de Zagreb.

Para a Sérvia e para a Montenegro, as perspectivas de entrada na UE, uma casa que parece estar desabando, são mais distantes. Funcionários sérvios estarão amanhã em Bruxelas tentando remover novas condições que a Alemanha impôs para que o país balcânico obtenha o status de candidato. Representantes de Montenegro tentarão fixar uma data para o começo das negociações para um adesão futura do país ao bloco europeu.

"A União Europeia está virando uma criação autoritária e centralizada, liderada pela Alemanha e pela França e na qual a Croácia perderá a identidade", disse Zeljko Sacic, líder da um grupo político croata antieuropeu, que planeja protestar em Zagreb na sexta-feira contra a adesão croata.

O partido conservador de Jadranka Kosor foi derrotado na semana passada nas urnas. O próximo governo de centro-esquerda analisa se suspenderá um referendo sobre a adesão do país à UE, que deverá acontecer ainda em dezembro - um passo necessário para fazer parte do bloco - aparentemente porque cai o apoio popular a fazer parte da UE. Sob o acordo que será assinado amanhã, a Croácia fará parte da UE a partir de 2013.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.