Crocodilo mata turista alemã na Austrália

A polícia do Território Norte (norte da Austrália) recuperou nesta manhã os restos mortais de uma turista alemã de 24 anos que morreu ao serr atacada por um crocodilo, enquanto se banhava junto com sua irmã, à meia-noite, em um rio do Parque Nacional de Kakadu. Ambas as mulheres faziam parte de um grupo de excursionistas que havia acampado na zona. Nove deles decidiram tomar um banho, apesar dos cartazes que advertiam sobre o perigo dos crocodilos. Os outros turistas disseram ter visto uma forma negra que se movia na água poucos instantes antes de a jovem desaparecer.O corpo da vítima foi recuperado a cerca de 2 km do local do ataque, e em seguida os guardas florestais mataram um crocodilo de 4 metros. A recuperação demorou devido à presença de outros grandes répteis na água. Segundo o comandante de polícia Max Pope, o grupo estava se banhando a cerca de 10 metros da margem, em água com alguns metros de profundidade. Trata-se do primeiro ataque fatal de um crocodilo no Território do Norte em cinco anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.