Cronologia dos principais ataques contra escolas

Universidades e escolas em todo o mundo foram palco de massacres

Agências internacionais,

11 de março de 2009 | 08h01

 Veja a cronologia com os principais ataques contra instituições de ensino no mundo.   Alemanha - 11 de março de 2009 - Pelo menos 15 pessoas morreram durante o ataque de um jovem de 17 anos no sudoeste do país. O ex-aluno abriu fogo em uma escola e matou nove alunos e três professores, além de uma pessoa numa clínica vizinha, antes de fugir num carro com um refém. Foi morto num tiroteio com a polícia. Dois transeuntes foram mortos e dois policiais ficaram gravemente feridos no tiroteio, elevando o total de mortos para 16, incluindo o próprio agressor.   Bélgica - 23 de janeiro de 2009 - Um homem com o rosto pintado de preto e branco matou duas crianças e uma mulher a facadas em uma creche no oeste da Bélgica antes de fugir de bicicleta. Ele foi preso após o incidente.   Noruega - 23 de janeiro de 2009 - Um policial matou a tiros uma professora e depois atirou contra si mesmo num incidente com caracteríristcas passionais no lado de fora de uma escola. O homem morreu alguns dias depois por conta dos ferimentos.   Finlândia - Setembro de 2008 - O estudante de 22 anos Matti Saari abriu fogo em uma escola no interior da Finlândia e matou 10 pessoas, antes de se suicidar com um tiro na cabeça.   Estados Unidos - Fevereiro de 2008 - Stephen Kaszmierczak, de 27 anos, um ex-estudante de sociologia da Universidade Northern Illinois, uma sala lotada durante uma palestra e começou a atirar, matando cinco pessoas e ferindo 18 antes de cometer suicídio.   Estados Unidos - Fevereiro de 2008 - Uma estudante de enfermagem matou duas mulheres e cometeu suicídio na frente dos colegas de sala em uma escola na Louisiana.   Finlândia - Novembro de 2007 - O estudante finlandês Peka-Eric Auvinen matou seis colegas, uma enfermeira e o diretor da escola onde estudava, numa ação que ele anunciou num vídeo pelo YouTube. Auvinen se matou depois da chacina.   Estados Unidos - Abril de 2007 - O estudante sul-coreano Seung-hui Cho matou 32 pessoas e feriu mais de dez na Universidade Virginia Tech, no mais mortífero ataque em um campus na história do país.   Estados Unidos - Outubro de 2006 - Um motorista de caminhão entrou armado em uma escola de uma comunidade rural amish, na Pensilvânia, e matou quatro garotas. O atirador suicidou-se.   Estados Unidos - Setembro de 2006 - Um aluno de 15 anos entrou na escola rural do condado de Richland, em Wisconsin, e matou o diretor da escola.   Estados Unidos - Setembro de 2006 - No Colorado, estudante morreu após ser mantida como refém, junto com outras cinco garotas, por Duane Morrison. O criminoso se suicidou.   Canadá - Setembro de 2006 - Kimveer Gill abriu fogo contra uma escola, matando um aluno e ferindo 19.   Estados Unidos - Março de 2005 - O estudante Jeffrey Weise matou 7 pessoas no Colégio Red Lake, reserva indígena de Minnesota. Antes, ele assassinou o avô e a esposa dele. Weise se matou depois.   Rússia - Setembro de 2004 - 333 reféns, entre eles 186 crianças, morreram durante o sequestro de uma escola por um comando terrorista checheno em Beslan.   Alemanha - Abril de 2002 - Em Erfurt, um homem armado abril fogo contra uma escola depois de afirmar que não faria uma prova de matemática. Dezoito pessoas morreram no incidente, incluindo o atirador.   Alemanha - Fevereiro de 2002 - Em Freising, na Bavária, um ex-aluno atirou contra dois ex-chefes e o diretor de uma escola antes de cometer suicídio. Um professor foi ferido.   Estados Unidos - Janeiro de 2002 - Um estudante que foi expulso da faculdade de direito de uma universidade da Virgínia, matou o reitor e dois estudantes, além de ferir outros três.   Japão - Junho de 2001- Mamoru Takuma, armado com uma faca de cozinha, invadiu uma escola primária nos arredores de Osaka e matou oito crianças. Ele foi executado em 2004.   Estados Unidos - Abril de 1999 - Os estudantes Eric Harris e Dylan Klebold mataram, com rifles, 12 alunos e um professor no colégio de Columbine, no Colorado. O chamado Massacre de Columbine foi o segundo ataque mais mortífero a uma escola na história dos EUA. Depois da chacina, Harris e Klebold cometeram suicídio.   Estados Unidos - Maio de 1998 - Em Springfield, Oregon, um estudante de 15 anos abriu fogo em uma escola de segundo grau, matando dois alunos e ferindo 22. Mais tarde, os pais do garoto foram encontrados mortos em casa.   Estados Unidos - Março de 1998 - Dois meninos de 11 e 13 anos de idade disparam o alarme de incêndio de uma escola em Jonesboro, no Arkansas, e matam quatro alunos e uma professora enquanto eles deixaram o local.   Iêmen - Março de 1997 - Um homem com um rifle ataca centenas de alunos em duas escolas em Sanaa, matando seis crianças e dois adultos. Ele foi condenado à morte.   Reino Unido - Março de 1996 - Um homem armado entra em uma escola primária em Dunblane, na Escócia, e mata a tiros 16 crianças e um professor antes de cometer suicídio

Tudo o que sabemos sobre:
Escolasatiradores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.