Cruz Vermelha busca US$3,4 mi para vítimas de furacões no Haiti

A Federação Internacional da CruzVermelha e a Sociedade do Crescente Vermelho pediram nestasexta-feira ajuda de 3,8 milhões de francos suíços (3,4 milhõesde dólares) para ajudar 50 mil pessoas a se recuperarem dosfuracões Gustav e Hanna no Haiti. A maior rede de auxílio a desastres do mundo declarou queos fundos ajudariam a dar suporte a operações humanitárias daCruz Vermelha haitiana nos próximos seis meses. "Itens básicos de alimentação, materiais de primeirossocorros, medicamentos vitais, água limpa e abrigo estão entreas necessidades mais urgentes neste momento, de acordo comespecialistas (da Cruz Vermelha) em campo", informou a agênciasediada em Genebra. Pelo menos 136 pessoas morreram nas inundações e deslizesde terra no Haiti provocados pelo Hanna. Milhares de voluntários da Cruz Vermelha estão trabalhandocontinuamente para ajudar o número crescente de vítimas dastempestades, segundo a agência. Fortes chuvas contínuas bloquearam o acesso às áreasafetadas, tornando a entrega de materiais de ajuda extremamenteperigosa, e atrasando ajudas humanitárias necessárias,informou. A Organização das Nações Unidas está se preparando paraemitir um apelo por fundos para o Haiti, o qual pediu auxíliointernacional, segundo a ONU. (Reportagem de Stephanie Nebehay)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.