Cruz Vermelha confirma resgate de dois reféns das Farc em Florencia

A terceira e última fase da operação, com mais dois resgates, deve acontecer no próximo domingo

Efe,

11 de fevereiro de 2011 | 18h49

Armando Acuña está entre os libertados nesta sexta

 

FLORENCIA - O Comitê Internacional da Cruz Vermelha confirmou nesta sexta-feira, 11, a libertação do vereador Armando Acuña e do soldado da marinha Henry López, que estavam em poder Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

 

Eles foram entregues a uma missão humanitária em um lugar desconhecido, nas selvas do sul do país. Os recém-libertados se dirigem agora para o aeroporto de Florencia, em um avião fornecido pelo governo brasileiro para a operação.

 

Os dois reféns que foram libertados integram un grupo de cinco sequestrados que as Farc se comprometeram a entregar para a ex-senadora Piedad Córdoba nesta semana. A primeira libertação, do vereador Marcos Baquero, de 33 anos, ocorreu na quarta-feira, 9, em uma zona rural da província de Meta.

 

A terceira e última fase da operação deve acontecer no próximo domingo, 13, dia em que serão libertados o delegado de polícia Guillermo Solórzano, de 34 anos, e o cabo do Exército Salín Sanmiguel, de 25, em Tolima.

 

A libertação dos cinco reféns, sequestrados entre 2007 e 2010, foi anunciada pela guerrilha das Farc em 8 de dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
Cruz VermelhaFarcColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.