Cruz Vermelha dos EUA se previne contra vaca louca

A Cruz Vermelha dos Estados Unidos disse, nesta segunda-feira, que vai parar de aceitar doações de sangue de pessoas que passaram 3 meses ou mais no Reino Unido ou 6 meses em qualquer país europeu numa medida preventiva contra a doença da vaca louca.As regras da entidade, que passam a vigorar em setembro, são mais rígidas do que aquelas aplicadas pela Food and Drug Administration (FDA).Representantes da organização disseram que é preciso se prevenir, já que não há um teste sangüíneo para a variante humana da doença.A Cruz Vermelha acredita que a medida vai impossibilitar a doação de 8% de seus atuais contribuintes e já está estudando maneiras de aumentar seu quadro de doadores.No ano passado, a FDA proibiu as doações de sangue de qualquer pessoa que tenha passado um total de 6 meses na Grã-Bretanha entre 1980 e 1996.No entanto, com a disseminação da doença na Europa, em janeiro, a FDA recomendou a proibição de todas as doações de pessoas que passaram um total de 10 anos em Portugal, França e Irlanda a partir de 1980.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.