Cruz Vermelha recebe restos de italiano morto no Iraque

Restos humanos que se acreditam ser de um refém italiano assassinado no Iraque mês passado foram entregues hoje à Cruz Vermelha italiana em Bagdá. Quatro iraquianos que trabalhavam como seguranças particulares no Iraque foram seqüestrados em 12 de abril. Um deles, Fabrizio Quattrocchi, foi depois executado - sua morte ficou registrada em vídeo.Membros de uma associação de teólogos sunitas entregaram os restos, que identificaram como sendo de Quattrocchi, ao chefe da Cruz Vermelha italiana na capital do Iraque, Maurizio Scelli. Não há informação sobre os demais reféns.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.