Cruz Vermelha se irrita com uso de símbolo

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) condenou ontem o "uso abusivo e deliberado" de seu símbolo por parte do Exército colombiano durante operação de resgate de 15 reféns das Farc, entre eles Ingrid Betancourt, em 2 de julho. O governo colombiano comprometeu-se ontem a não voltar a desrespeitar o uso do emblema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.