Cruz Vermelha visita prisioneiros do Taleban

A milícia fundamentalista islâmica Taleban permitiu pela primeira vez em anos a visita de representantes da Cruz Vermelha Internacional a seus prisioneiros no Afeganistão, anunciou hoje, em Genebra, o grupo humanitário. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) revelou ter tido contato, em duas ocasiões, com três membros das forças afegãs de segurança detidos pelo Taleban na província de Badghis. As visitas ocorreram no mês passado.

AE-AP, Agencia Estado

15 de dezembro de 2009 | 09h36

Reto Stocker, chefe da delegação da Cruz Vermelha em Cabul, afirmou hoje que os contatos representam um avanço, pois são as primeiras visitas a prisioneiros do Taleban nos últimos anos. A Cruz Vermelha visita regularmente pessoas detidas em diversos lugares do mundo para averiguar as condições no cárcere e o tratamento dispensado aos detentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.