CS da ONU aprova sanções contra a Coreia do Norte

O Conselho de Segurança da ONU aprovou ontem, por unanimidade, uma resolução que condena o lançamento de um foguete pela Coreia do Norte em 12 de dezembro e impõe novas sanções à agência espacial de Pyongyang. Segundo os EUA e seus aliados, o lançamento de foguetes multiestágio é considerado parte de um programa secreto para desenvolver mísseis balísticos que podem transportar ogivas nucleares.

Agência Estado

23 Janeiro 2013 | 03h18

O Conselho de Segurança reiterou a sua exigência anterior de que a Coreia do Norte abandone seu programa de armas nucleares de uma "maneira completa, verificável e irreversível" e cesse o lançamento de foguetes. Aliada de primeira hora dos norte-coreanos, a China também aprovou a resolução, a primeira em quatro anos a ampliar as sanções ao regime da Coreia do Norte.

Em uma declaração desafiadora, o Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte advertiu que vai reforçar as suas defesas militares e nucleares em reação ao que chamou de evidência de "hostilidade dos EUA'''' contra Pyongyang. Também advertiu que irá repelir qualquer tentativa de engajar o país em negociações de desarmamento.

"Pode haver negociações para a paz e a estabilidade da Península Coreana e da região no futuro, mas não há negociações para a desnuclearização da península", afirmou o Ministério das Relações Exteriores norte-coreano. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.