CS da ONU convoca reunião urgente sobre Síria

O Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) marcou para a tarde de hoje uma reunião urgente para discutir uma proposta que prevê a entrega e posterior destruição das armas químicas presentes na Síria.

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2013 | 14h27

A reunião, convocada a pedido da Rússia, terá início às 16h locais em Nova York (17h em Brasília) e transcorrerá a portas fechadas.

O governo sírio declarou apoio a uma iniciativa russa para que as armas químicas presentes no país sejam colocadas sob controle internacional para posterior destruição.

Mais cedo, no entanto, a França apresentou uma proposta de resolução considerada "inaceitável" pela Rússia.

O governo russo rejeita a afirmação, inserida na proposta francesa de resolução, de que a Síria seria responsável pelo ataque com armas químicas que deixou centenas de mortos em Ghouta, nos arredores de Damasco, na madrugada de 21 agosto.

Estados Unidos, França e Reino Unido acusam o governo sírio pelo ataque. Damasco nega. Uma missão de inspetores da ONU que investigou o caso ainda não divulgou suas conclusões.

Na nota, a chancelaria russa informa ainda que Moscou apresentará sua própria proposta de resolução para estabelecer um controle internacional sobre as armas químicas na Síria. Fontes: Dow Jones Newswires e Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.