Cuba assegura a americanos que Fidel não tem câncer

Um congressista americano que lidera uma missão de parlamentares dos Estados Unidos enviada a Cuba disse neste domingo em Havana que autoridades locais asseguraram que o presidente Fidel Castro não padece de um câncer nem de nenhuma outra doença terminal.Não foram divulgados mais detalhes sobre a saúde do mandatário de 80 anos de idade, mas funcionários cubanos asseguraram aos congressistas americanos que Fidel deverá voltar à vida pública, disse o deputado Jeff Flake, republicano pelo Estado do Arizona.Na sexta-feira, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, comentou que seu homólogo cubano não padecia de um câncer, mas sim teria sofrido um derrame.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.