Cuba defende fechamento da base de Guantánamo

Autoridades cubanas se opõem ao uso da base naval americana da baía de Guantánamo como centro de detenção da guerra no Afeganistão, e consideram que a base deveria ter sido fechada há décadas. Os comentários foram feitos por parlamentares cubanos, depois que os Estados Unidos anunciaram que a base abrigaria os terroristas do Al-Qaeda e do Taleban detidos no Afeganistão.A decisão do governo americana demonstra ?a arrogância do governo imperialista?, afirmou o vice-presidente cubano José Ramón Fernández, que integra o Conselho de Ministros de Cuba. ?Ações como essa violam os direitos de outros?, acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.