Cuba e outros cinco países querem ajudar Brasil

As terríveis imagens das enchentes no Rio de Janeiro e em São Paulo, exibidas em canais de televisão mundo afora, sensibilizaram governos de outros países, que ofereceram ajuda no atendimento a vítimas e na reconstrução dos locais destruídos. Cuba, Argentina, Rússia, Ucrânia, Japão e México entraram em contato com o Itamaraty e se dispuseram a auxiliar o governo brasileiro no que fosse necessário. As Nações Unidas e o Banco Mundial também procuraram o governo.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

14 de janeiro de 2011 | 20h10

Em comunicado à imprensa, a embaixada dos Estados Unidos no Brasil informou que a Casa Branca vai oferecer US$ 100 mil (R$ 169 mil) para assistência a vítimas das enchentes no Rio de Janeiro e em São Paulo. A verba será repassada à Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA). O objetivo é adquirir "produtos de higiene pessoal e limpeza e roupas, já que o governo brasileiro e os governos estaduais já estão organizando o envio de alimentos e água", informa o comunicado. O Ministério da Integração Nacional informou que vai estudar uma forma de cooperação com os países que se dispuseram a colaborar com o Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
ajudaexteriorchuvasRioSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.