Cuba e Pnud vão desenvolver programa em áreas prioritárias

O governo de Cuba e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) anunciaram na terça-feira que preparam um programa de cooperação em cinco áreas prioritárias.O projeto de cooperação conjunta para o período 2008-2012 abrange as áreas de proteção do meio ambiente, gestão de riscos de catástrofes naturais, segurança alimentícia, combate à aids e desenvolvimento humano.O presidente do grupo de Desenvolvimento das Nações Unidas e administrador do Pnud, o turco Kermal Dervis, considerou "construtiva" e "estreita" a relação entre a agência e Cuba, ao concluir uma visita de dois dias à ilha.A coordenadora residente do Pnud em Cuba, Susan McDade, informou que, até agora, a agência tem contribuído com US$ 13 milhões anuais para os projetos. O valor pode superar os US$ 15 milhões nos próximos anos.O vice-ministro de Investimento Estrangeiro e Colaboraçãoeconômica de Cuba, Orlando Requijo, afirmou que o governo está muito satisfeito com a cooperação do Pnud, seu impacto e a garantia de sustentabilidade dos projetos empreendidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.