Cuba em luto por morte de vice-presidente

Liderados pelo presidente Raúl Castro e com bandeiras a meio mastro, dezenas de milhares de cubanos deram início, neste domingo, às homenagens e ao luto nacional pela morte do líder revolucionário e vice-presidente Juan Almeida Bosque.

AE/AP, Agencia Estado

13 de setembro de 2009 | 20h49

Na capital, enormes fotografias de Almeida foram expostas na Praça da Revolução e no memorial a José Martí. Sob as imagens estavam expostas as medalhas do falecido líder cubano.

Hoje, Raúl Castro presidiu uma cerimônia em homenagem a Almeida que, além de amigo pessoal, foi colaborador próximo.

Almeida faleceu na sexta-feira, aos 82 anos, depois de sofrer uma parada cardiorrespiratória. O desejo do falecido vice-presidente é de que seu corpo não fique exposto. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
CubaCastroBosque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.