Cuba integrará Fórum América Latina, Leste da Ásia e Oceania

Ministros de 30 países da América Latina, Ásia e Oceania reunidos na capital chilena Santiago aprovaram o ingresso de Cuba como membro do grupo informal recém formado. Costa Rica e Equador também se juntaram ao chamado "Fórum América Latina, Leste da Ásia e Oceania". O grupo nasceu em 1998 da iniciativa de Singapura para promover o fortalecimento econômico e as relações comerciais entre as regiões ao longo do oceano Pacífico.Abrindo a primeira sessão do Fórum, o ministro das Relações Exteriores do Chile, Soledad Alvear, chamou o grupo de "uma ponte entre regiões distantes". O ministro de Relações Exteriores de Singapura, Shunmugam Jayakumar, disse que a formação do grupo é especialmente importante num mundo de globalização.O vice-ministro de Relações Exteriores de Cuba, Pedro Perez, concordou: "Este Fórum nos coloca numa posição melhor para tirar vantagem dos benefícios da globalização e poder enfrentar os desafios que impõe". Perez disse que Cuba - que não participa de outras organizações latino-americanas - dedica 20% de seu comércio internacional com os países da Ásia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.