AP Photo/Ramon Espinosa
AP Photo/Ramon Espinosa

Cuba libera saques com cartões de empresa americana

Turistas com cartões da MasterCard foram autorizados pelo Banco Central Cubano a sacar dinheiro em espécie na ilha

O Estado de S. Paulo

28 Junho 2016 | 15h49

HAVANA - Em mais uma mudança provocada pela retomada de relações com os Estados Unidos, turistas com cartões da empresa MasterCard foram autorizados pelo Banco Central Cubano a sacar dinheiro em espécie na ilha em caixas eletrônicos de dois bancos americanos autorizados a operar no país: O Stonegate Bank e o Banco Popular de Porto Rico. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 28, pela vice-presidente do BCC, Irma Margarita Martínez. 

"Essa possibilidade está disponível a partir do momento em que solucionamos os aspectos financeiros e legais que estavam pendentes", informou o Banco Central Cubano por meio de nota. "Agora as entidades cubanas responsáveis pelo processamento desses dados estão conectadas a provedores externos. 

Ainda de acordo com O BCC, o serviço está disponível a princípio apenas em Havana e será estendido nos próximos meses a outras cidades do país. Além disso, a tendência é a de que o serviço seja ampliado para outras operadoras de cartões de crédito nos Estaods Unidos. "Estamos abertos a qualquer acercamento, mas isso também depende do interesse do setor bancário americnao", disse a executiva cubana. 

Irma Margarita lembrou que as transferência bancárias entre Cuba e os Estados Unidos ainda são feitas com o auxílio de um terceiro país em virtude do bloqueio imposto pelo governo americano à ilha, que só pode ser retirado com a aprovação do Congresso, hoje controlado pela oposição ao presidente Barack Obama. 

"Precisaríamos que nossas instituições bancárias pudessem ter contas em bancos americanos e isso ainda não é possível em virtude do bloqueio", acrescentou a burocrata cubana. /EFE

Mais conteúdo sobre:
CubaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.