Cuba pede fim de sanção a democrata

O chanceler cubano, Felipe Pérez Roque, afirmou ontem que o governo de Cuba espera que, caso saia vencedor nas eleições americanas, o candidato democrata, Barack Obama, seja "coerente" com sua promessa de mudança e levante o embargo contra Havana. "O correto seria acabar com o bloqueio e manter relações normais e respeitosas com nosso país que, de nenhuma maneira, representa uma ameaça aos EUA", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.