Cuba realiza eleições municipais com dois candidatos de oposição

Cuba realizou neste domingo as primeiras eleições municipais desde a histórica mudança nas relações com os Estados Unidos. A votação tem uma particularidade incomum para o regime de partido único: dois dos 27 mil candidatos abertamente se opõem ao governo.

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2015 | 19h21

Hildebrando Chaviano and Yuniel Lopez foram escolhidos por votações durante reuniões em regiões vizinhas de Havana para serem candidatos e esperam vencer dois dos 12,5 mil assentos em disputa nos 168 conselhos municipais. Estes conselhos são responsáveis por serviços como o reparo de ruas, abastecimento de água e combate a insetos.

As eleições municipais são normalmente um momento tranquilo, têm grande comparecimento e quase nenhuma campanha pré-eleitoral. Uma vitória de qualquer um dos dois opositores seria simbólica, mas teria pouca implicação prática para o sistema do Partido Comunista.

Assembleias municipais estão na base do sistema eleitoral. Elas nomeiam metade dos candidatos para assembleias de província, que por sua vez escolhem metade dos indicados para o parlamento nacional, o qual escolhe o Conselho de Estado, que elege o presidente. A outra metade dos candidatos às assembleias é escolhida por uma comissão eleitoral do governo.

Chaviano, de 65 anos, e Lopez, de 26, disseram acreditar que o governo foi simplesmente pego de surpresa por suas candidaturas. Lopez está desempregado e é membro de um partido político dissidente. Chávez é um advogado que se transformou em jornalista independente.

O presidente cubano Raúl Castro começou uma lenta, mas grande reforma na economia de planejamento central em 2010. Ele também prometeu mudanças no sistema eleitoral, mas não deu detalhes até o momento. Em dezembro, Castro e o presidente dos Estados Unidos Barack Obama anunciaram a intenção de resgatar completamente as relações diplomáticas entre os países depois de meio século de rompimento, mas as negociações têm sido complicadas por vários problemas, inclusive leis que impõem embargo a Cuba. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Cubaeleições municipaisoposição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.