Cuba recebe 1 milhão de turistas no semestre

As praias, os charutos, a música retratada no filme "Buena Vista Social Club" e até mesmo o próprio sistema político levaram um milhão de visitantes estrangeiros a Cuba no primeiro semestre do ano, de acordo com dados divulgados pelo Ministério do Turismo da ilha. Com a continuidade do movimento, a próspera indústria turística prepara-se para atingir a meta do governo, que prevê o dobro de turistas até o final do ano. O ministro do Turismo, Ibrahim Ferradaz, no entanto, informou que não tinha dados precisos se a indústria do turismo conseguiu atrair US$ 1 bilhão, previstos para ingressar no país até o final de junho, em razão do enfraquecimento do euro e do dólar canadense. "A contabilidade sobre o número de turistas é imediata, mas a conta sobre o quanto eles gastam leva um certo tempo", disse Ferradaz, durante a cerimônia de boas-vindas ao visitante de número 1 milhão. "Se atingirmos a meta de dois milhões de turistas até 31 de dezembro, faremos uma grande festa", prometeu. Segundo Ferradaz, o setor de turismo de Cuba responde agora por 40% do ingresso anual em moeda estrangeira no país. Mais da metade dos turistas que desembarcam em Cuba vieram da Europa, enquanto o Canadá ainda é um dos países que mais envia turistas à ilha de Fidel Castro. "Nós estamos sofrendo os efeitos da desvalorização do euro, mas temos certeza que a moeda ganhará valor no próximo ano, quando a divisa entrará em circulação", observou o ministro. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.