Cubana pede fim do envio de petróleo venezuelano à ilha

Defensora do embargo econômico que os EUA impõem contra Cuba há mais de 50 anos, a dissidente cubana Berta Soler, líder das Damas de Branco, pediu ontem no Congresso americano que o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pare de "presentear" a ilha socialista com petróleo. Estima-se que Caracas envie até 115 mil barris do insumo diariamente para Havana com pagamento facilitado. "Estamos buscando a asfixia do governo cubano. Enquanto os Castros tiverem oxigênio, se manterão no poder", disse, acompanhada de congressistas cubano-americanos. / EFE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.