Cubanos deixam barco e tentam chegar aos EUA a nado

Quatro cubanos saltaram de sua jangada de madeira no Oceano Atlântico e três deles seguiam a nado a três quilômetros da costa americana, depois de recusarem ajuda da Guarda Costeira dos EUA. Os cubanos foram avistados por aviões da Guarda Costeira às 15h00 (horário de Brasília, 14h00 na hora local) e dois barcos foram enviados à área, informou o suboficial Ryan Doss.Os imigrantes ergueram seus remos e os usaram para manter os barcos da Guarda Costeira à distância. Os cubanos inicialmente jogaram de volta os coletes salva-vidas oferecidos pelos americanos e nadaram para longe dos barcos da Guarda. Três deles aceitaram os coletes mais tarde, e continuaram a nadar. O quatro desistiu e foi içado para um dos barcos, onde recebeu um salva-vidas e foi algemado.Os três remanescentes foram cercados por três botes da Guarda Costeira, um da comissão de vida silvestre e um helicóptero da Guarda Costeira, disse Doss.Imigrantes cubanos que chegam a solo americano por conta própria costumam obter permissão para ficar. Já aqueles interceptados pela Guarda Costeira geralmente são repatriados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.