Cubanos fazem show em Las Vegas e pedem asilo

Membros cubanos de uma produção artística em cartaz em Las Vegas decidiram pedir asilo nos Estados Unidos, deixando suas famílias para trás e desafiando o governo de Fidel Castro, informa o criador do show. São 43 artistas, incluindo músicos, dançarinos e cantores. "A arte não deveria ter fronteiras", disse Nicole "N.D." Durr, que também dirige o espetáculo "Havana Night Club".Durr informou que sete outros membros do elenco, atualmente na Alemanha, também pedirão asilo. Eles devem chegar aos EUA ainda nesta semana. Três artistas preferiram voltar a Cuba. O "Havana Night Club" deveria ter iniciado sua temporada nos EUA em julho, mas foram detidos pela burocracia. Os promotores do show queixaram-se da falta de cooperação das autoridades cubanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.