Cubanos terão que fazer sacrifícios, diz Fidel

O presidente Fidel Castro afirmou que os cubanos deverão fazer "alguns sacrifícios" devido ao golpe sofrido pela economia do país por causa da recente baixa do turismo e dos preços de certos produtos de exportação depois dos atentados terroristas nos Estados Unidos. "Temos que nos preparar, alguns sacrifícios certamente virão", disse. Segundo ele, "a entrada de divisas conversíveis será afetada. A indústria turística mundial recebeu um golpe". Mesmo admitindo a necessidade de sacrifícios, Fidel afirmou que "Cuba será menos afetada, já que não depende do turismo norte-americano". Canadenses e europeus formam o principal grupo de turistas em Cuba.

Agencia Estado,

25 Outubro 2001 | 15h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.