Cunhado de Bin Laden é morto em Madagáscar

O cunhado do Osama Bin Laden, Jamal Khalifa, que era procurado nas Filipinas, acusado de financiar terrorismo, foi morto em Madagáscar, disse o irmão da vítima nesta quarta-feira.Khalifa, que era casado com o a irmã do líder da Al-Qaeda, foi morto após homens armados invadirem sua casa em uma vila em Madagáscar, segundo informações concedidas em entrevista por seu irmão, Malek Khalifa, que vive na Arábia Saudita.Malek contou que cerca de 30 homens invadiram a casa de Jamal enquanto ele dormia e o mataram. Segundo o depoimento, a família da vítima não estava com ele. "Eles roubaram tudo", disse Malek Malek afirmou que sua preocupação no momento era com o corpo de seu irmão. Ele disse ainda que Jamal estava em Madagáscar a negócios e que toda sua família estava na Arábia Saudita.O governo filipino acusava Jamal de financiar o grupo islâmico, Abu Sayyaf, por meio de uma organização de caridade no final dos anos 80 e início dos 90. Antes de morrer, Jamal havia negado as acusações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.