Cupins ameaçam prédios históricos dos guerreiros de terracota

Os cupins ameaçam a sobrevivência dos históricos edifícios da cidade de Xian, onde estão os guerreiros de terracota, segundo um estudo publicado nesta sexta-feira pela imprensa estatal. Apesar das medidas tomadas para lutar contra o inseto, os cupins provocaram na última década perdas anuais de US$ 1,85 milhão, disse Gao Lianggang, diretor do Instituto para Prevenção e Controle de Cupins de Xian. Gao acrescentou que 17 das 24 principais edificações históricas foram danificadas pelo inseto, entre elas o Pagode Dayan ("do cisne selvagem"), construído há 1.400 anos, e o Templo Chenghuangmiao, que data de seis séculos atrás. Lar ideal Segundo o estudo, a área urbana com cupins em atividade se expandiu de 10%, em 2002, para 15%, atualmente. "O governo local e as empresas, assim como os moradores, deveriam prestar mais atenção ao problema. Mais recursos, trabalhadores, tecnologias e serviços deveriam ser dedicados a lutar contra os cupins", afirmou Gu Quancheng, analista do Departamento de Construção Provincial. Capital de 13 dinastias da história chinesa, Xian conta com um grande número de construções antigas de madeira, o que a transformou em uma habitação ideal para os cupins.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.