Cúpula do terror se reuniu na tríplice fronteira, diz CNN

Vários líderes de organizações terroristas se reuniram recentemente na região da "tríplice fronteira", entre Brasil, Argentina e Paraguai, para planejar novos ataques terroristas contra interesses norte-americanos e israelenses no Ocidente. A informação é da rede de televisão CNN, que cita fontes da área de inteligência. Essas fontes disseram que as reuniões teriam acontecido na cidade paraguaia de Ciudad del Este e em seus arredores. Representantes do grupo Hezbollah e de organizações simpatizantes da rede terrorista Al-Qaeda teriam participados dos encontros.Os serviços de informações da Argentina (conhecidos como Side) teriam emitido um alerta sobre atividades terroristas há cerca de duas semanas, disse a CNN. "Nós recebemos informações que apontavam para uma intensificação da atividade terrorista. Não é irrealista a possibilidade de haver alguma ação para prevenir, ou reagir um ataque contra o Iraque", disse à CNN o chefe do Side argentino, Miguel Toma.Outras fontes, no Oriente Médio, falaram à emissora sobre um novo esforço de grupos terroristas contra os EUA, que estaria sendo coordenado por um homem identificado como Imad Mgniyeh, a partir de bases no Irã e em áreas do Líbano controladas pelo Hezbollah.Esses grupos estariam coordenando atividades de terroristas na América do Sul com o objetivo de lançar ataques contra alvos israelenses e norte-americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.