Cúpula sobre Grécia é ocorrência positiva em direção a um acordo, diz Tsipras

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, descreveu como positiva a decisão de se realizar uma reunião de cúpula de líderes da zona do euro no começo da próxima semana, numa tentativa de levar Atenas a fechar um acordo sobre seu atual programa de ajuda com credores internacionais.

Estadão Conteúdo

19 de junho de 2015 | 05h29

"Será uma solução baseada no respeito às regras e à democracia da União Europeia, que permitirá à Grécia voltar a crescer dentro do euro", afirmou o escritório do premiê grego.

Líderes da zona do euro vão tentar chegar a um acordo sobre o pacote de resgate à Grécia numa reunião de emergência na próxima segunda-feira (22), após o Eurogrupo - formado por ministro de Finanças - não ter conseguido superar o impasse atual entre Atenas e os credores durante encontro mensal ocorrido ontem em Luxemburgo.

A cúpula será realizada oito dias antes do vencimento do atual programa de ajuda da Grécia. Sem um eventual acordo, Atenas estará sujeita a decretar moratória sobre sua dívida e, em última instância, a abandonar a zona do euro. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciacriseTsipras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.