AFP PHOTO / Syrian Democratic Forces
AFP PHOTO / Syrian Democratic Forces

Curdos da Síria anunciam captura de extremista francês procurado

Extremista foi condenado em 2012 na França a 4 anos de prisão por orquestrar um projeto de atentado, antes de fugir para a Síria e Iraque

O Estado de S.Paulo

24 Maio 2018 | 16h23

As Forças Democráticas Sírias (FDS), uma coalizão curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos e França, anunciaram nesta quinta-feira, 24, a captura de um extremista francês, Adrien Guihal, em Raqqa, no norte da Síria.

"Os serviços de inteligência das FDS realizaram uma operação no sábado, 19 de maio, que levou à prisão de um grupo de jihadistas do Estado Islâmico (EI) liderado por Adrien Guihal, conhecido como Abu Osama al-Faransi", acusado de ser o autor da reivindicação do ataque de Nice (sudeste da França) em julho de 2016, de acordo com um comunicado publicado no site das FDS.

+MPF acusa 11 brasileiros de promover Estado Islâmico e recrutar jihadistas

O extremista foi condenado em 2012 na França a 4 anos de prisão por orquestrar um projeto de atentado, antes de fugir para a Síria e Iraque, onde o EI chegou a controlar vastas regiões em 2014.

Guihal foi preso na companhia de sua mulher, cuja identidade não foi revelada, acrescentou o comunicado.

As FDS conseguiram deter vários jihadistas franceses membros do EI que estavam escondidos nos últimos meses. / AFP

Mais conteúdo sobre:
Estado Islâmico Guerra na Síria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.