Dalton Bennet/AP
Dalton Bennet/AP

Curdos tentam retomar cidade iraquiana capturada pelo Estado Islâmico

A batalha por Sinjar tornou-se o último foco da campanha para recapturar amplas áreas de território perdidas para o grupo extremista

Estadão Conteúdo

21 de dezembro de 2014 | 11h26

Combatentes curdos iraquianos, apoiados por ataques aéreos de uma coalizão liderada pelos EUA contra o Estado Islâmico, entraram neste domingo na cidade de Sinjar, que foi capturada por militantes do grupo extremista em meados do ano.

A batalha por Sinjar e áreas circundantes tornou-se o último foco da campanha para recapturar amplas áreas de território perdidas para o Estado Islâmico no norte e oeste do Iraque e na vizinha Síria meses atrás.

Segundo o porta-voz das forças curdas, Jabbar Yawar, os combatentes ainda enfrentam resistência de militantes que continuam em Sinjar.

Mais ao leste, perto da fronteira com a Síria, forças de segurança do Iraque se engajaram ontem numa batalha com militantes do Estado Islâmico numa tentativa de retomar um estratégico aeroporto militar na cidade de Tal Afar. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IraquecurdosEstado Islâmico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.