Curdos tomam o controle de três cidades na Síria

Os residentes curdos tomaram o controle de três cidades no nordeste da Síria próximo da fronteira com a Turquia, após convencerem as forças pró-governo a deixarem a região, disse o Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

EQUIPE, Agência Estado

10 de novembro de 2012 | 15h48

A província Hasakeh teve fortes confrontos nos últimos dias entre as forças leais ao presidente Bashar al-Assad e os rebeldes, que resultaram na morte de 46 combatentes em dois dias enquanto a oposição tomou a cidade Ras al-Ain, na fronteira.

Os curdos tomaram o controle das cidades de Derbassiye e Tall Tamr na noite de ontem, afirmou o Observatório. Eles são apoiados pela milícia do Partido União Democrática (PYD), que tem ligações com o rebelde Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), acrescentou o órgão.

Os residentes e os membros da milícia cercaram o governo e os escritórios de segurança em ambas as cidades e convenceram as forças leais ao governo a abandonarem seus postos, disse o Observatório. O órgão afirmou também que os residentes temem o mesmo tipo de violência que levou 9 mil sírios a fugirem para a Turquia em 24 horas diante do confronto em Ras al-Ain.

Derbassiye, no nordeste de Ras al-Ain, fica na fronteira com a Turquia e é o lar de uma fronteira pequena. Tall Tamr está localizada em uma encruzilhada estratégica. A estrada que vai de Hasakeh, capital provincial, a Ras al-Ain, se encontra com a principal rodovia leste-oeste da região na cidade.

No sábado, as forças do regime também abandonaram a cidade Amuda, no nordeste de Derbassiye, na fronteira turca, após demonstrações que pediram para que deixassem a região, segundo o Observatório. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ataquecurdosSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.