Curto-circuito pode ter causado incêndio em trem egípcio

Um curto-circuito pode ter causado o incêndio do trem egípcio em que morreram cerca de 400 pessoas, na quarta-feira passada. Foi descartada a hipótese inicial de explosão do botijão de gás do fogareiro de um dos viajantes. Os vagões não tinham alarme contra incêndio, saídasde emergência e extintores. O trem fazia o trajeto de 750 km entre o Cairoe Luxor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.